Novos amigos

Tem algumas pessoas com as quais a gente convive de tabela, não é mesmo? Tipo a cunhada da sua amiga, por exemplo. Esse casal era meio que isso na minha vida. Sempre gostei deles, apesar do pouco relacionamento. Aquela história de o santo bateu, energia parecida, essas coisas. Sentia um “trem bom” neles, sabe? Leveza, simplicidade… Quando eles vieram ao estúdio fazer orçamento para o casamento eu torci demais para que me contratassem porque se fosse outra pessoa naquele dia eu ia sofrer de ciúme. Mesmo porque, dez anos atrás eu fotografei o casamento da Rafaela, irmã dessa noiva, me sinto dona dessa família! Brincadeiras a parte, eu sabia que essa decisão seria para eles daquelas em que a gente fecha os olhos, não pensa muito e faz o que o coração pede. Me escolheram, ufa! No pré wedding o Caio me ganhou com seu olhar apaixonado para a Lud. Nesse dia também pude confirmar o que eu já sabia: ela é uma lindeza de pessoa, merece demais a felicidade que a vida com certeza reserva. Agora que entrego todas as fotos do casamento fico daqui com um quero mais, preciso mudar essa convivência de tabela. Esse casal tem o tom que eu busco na vida e estou com dificuldade de colocar o contrato deles na pasta de finalizado. Preciso acrescentá-los em uma nova categoria: novos amigos.

Comentários

Comentários

Muito obrigada é pouco

Quando eu entro na casa de uma família que acabou de receber um novo membro para fazer um ensaio newborn eu sei exatamente a dimensão disso. Cada família vivencia, a seu modo, um momento que envolve simultaneamente a alegria da chegada e o peso da responsabilidade, além de tantos outros sentimentos que variam de acordo com o que aquelas pessoas estão passando nos outros aspectos da vida. Minha parte é agregar, compreender e respeitar seja lá o que for que acontecer durante o momento em que me infiltrei naquele sistema. Em dia de ensaio newborn eu acordo, tomo meu banho, meu café e tudo mais o que fizer antes de ir, buscando sintonia com energias de harmonia e positividade. Peço muito a Deus que eu seja instrumento do Seu amor naquele lar e me cubro de tudo de melhor que eu puder para que seja leve, para que fique um registro de segurança e amor na memória daquela família no período em que estive lá. Esse dia foi assim. Uma mamãe tranquila, um irmão mais velho de boas e um papai tão legal que até fez uma bela de uma feijoada pra que pudéssemos almoçar juntos. Resultado: ensaio lindo, bebê tranquila e fotógrafa dando pulos de alegria. Debora e Thiago, não sei como agradecer pela confiança. De verdade, muito obrigado é pouco!

Comentários

Comentários

Até sempre

Recebi o pedido de orçamento da Thaís para a festa de um ano da Giovanna alguns meses atrás e, por ser um sábado à noite, disse que não poderia me comprometer com tanta antecedência em virtude dos casamentos. Ela ficou de entrar em contato novamente mais perto da data e eu achei que disse isso para ser gentil, não imaginei que fosse de fato esperar. Cerca de dois meses antes do aniversário recebi novamente seu telefonema. Para minha surpresa, ela realmente me esperou! Fiquei muito feliz, senti o quanto meu trabalho era importante para ela e fechamos o contrato. Marcamos o ensaio e na data agendada eu adoeci. Lá vai a Thaís me esperar de novo. Morri de vergonha, mal pude acreditar! Tão raro eu adoecer, tinha mesmo que ser com essa família? Ela foi novamente muito gentil e se mostrou totalmente compreensiva. Tinha um tom de segurança na voz dela quando conversava comigo. Fizemos o ensaio quinze dias antes da festa e, para me deixar inda mais apaixonada, ela deixou que o vídeo fotos fosse surpresa -só viu na festa- e eu pude ver aquele coração de mãe transbordar de amor ao ver sua pequena nos meus registros, a interação da família que ela está formando sobre o meu olhar. Como eu amo isso! Tenho certeza de que eles são mais um presente da fotografia para mim e mal posso esperar para acompanhar a Giovanna, esse bebê que é pura simpatia, em seu processo de crescimento. Thaís, não sei como agradecer pelo seu carinho. Até sempre!

 

Comentários

Comentários

Cantinhos especiais

Chegou o grande dia da Ludi e do Caio e eu vou aproveitar o ensejo para postar o ensaio que a gente fez alguns meses atrás. Eles escolheram como cenário um lugar que para eles é especial e eu amei porque é muito bom trabalhar em locais novos. Isso sem falar que estar com o casal em cantinhos que fazem parte da história deles faz tudo ter muito mais significado. Estou mega animada para esse casório porque eu os conheço já há alguns anos e sei que são pessoas muito legais, além do fato de que lá vai ter gente que mora bem no fundinho do meu coração. Uma noite para ficar na memória, com certeza!

Comentários

Comentários

Pelo meu olhar

Essa semana a Dani vai receber o pen drive com o trabalho que fizemos para ela. Será a primeira vez que coloca os olhos em todo o acervo de imagens que criamos com muito carinho e empenho. Fico imaginando como deve ser esse momento. Cada foto sendo visualizada, pessoas queridas registradas em um momento de alegria, todo o investimento de longos meses preparando cada detalhe para que aquele dia fosse mágico de volta aos olhos e ao coração pelo meu olhar. Quanta responsabilidade! Tenho isso em mente todo o tempo. Cada cliente que assina um contrato comigo me confia a memória de algo muito precioso, inestimável até. Depois de tudo pronto, na última conferência antes de entregar para o Lucas levar para Barbacena e ver junto com a Dani, senti novamente o quanto sou afortunada! Ver o resultado final do meu trabalho e sentir que ali tem 100% de alma e que valeu a pena, que ficou lindo e que com certeza vai emocionar as pessoas envolvidas me traz uma felicidade que não tem tamanho! Dani e Lucas, agradeço pela confiança e espero que esse seja o primeiro de muitos outros encontros fotográficos ao longo da vida que vocês começam agora, seria um enorme prazer entregar a vocês, ao longo dos anos, a sua trajetória contada através de imagens criadas pelo meu olhar.

Comentários

Comentários