Acompanhar

Carregar um novo ser no ventre, o que pode ser mais bonito do que isso? Dar à luz uma pessoa que em seu ser carrega você, se ver nesse novo ser. Ver-se crescer nesse pequeno existir, evoluir, transcender. Amor que surge tão grande e tão forte que transborda sem a gente entender como pode ser assim, tanto. Eu, do lado de cá da lente, fico estarrecida. Acompanhar esses bebês e essas famílias desde a gravidez significa para mim algo que não sei dizer. Que meus olhos sejam capazes de trazer toda a beleza desse momento sagrado à tona, que através da minha arte eu possa eternizar essa revolução na vida dessas famílias de um jeito singular e verdadeiramente poético e que, acima de tudo, eu seja capaz de mostrar a meus clientes o tamanho da minha gratidão. Cibele, Rafael e Luísa, família linda que abriu as portas para que eu pudesse acompanhá-los.

Comentários

Comentários