Mãe e filha

Não teve post de dia das mães mas acho que esse casamento simboliza bem essa data. Thaís foi uma das poucas noivas que eu tive, em 20 anos de profissão, com as quais eu praticamente não tive contato antes do dia do casamento. Ela mora fora de BH, trabalha muito e contou com a mãe, Betânia, para organizar tudo. Bonito ver como as duas se entendiam. Achei tão simbólico quando a noiva me contou que o vestido era do jeitinho que a mãe dela imaginava… lindo perceber que é possível equilibrar os dois lados em harmonia. Enquanto eu fotografava a produção do cabelo, conversávamos sobre a mãe dela. Tinha uma ternura no jeito dela falar, tão lindo isso! Que elas sigam assim pela vida e que, junto do Vinícius, Thaís possa ter com seus filhos essa relação de cumplicidade que eu vi naquele dia, que é tudo o que uma mãe deseja. E, atrasada, mas em tempo, já que todo dia é dia de mãe, feliz maternar para quem já conheceu o que é o amor.

Comentários

Comentários