Praia

Esse casal é de B.H, mas moram em Vitória. Surgiu a idéia de fazer as externas na praia, mas não era a praia pela praia, era pela história deles. O casamento foi aqui e as externas lá, fazendo um link com a realidade dos dois. Coração dividido, metade mineiro e metade capixaba. Esse trabalho foi uma delícia de fazer. Fotografar na praia não é fácil, confesso, mas tudo o que acrescenta novidade a uma rotina muitas vezes inevitável é bem vindo. E lá estávamos nós, dia lindo, noivos empolgadíssimos, tudo festa, só alegria, noiva no mar… hããã??? Noiva no mar??? É!!! No mar!!! E o noivo também! E o fotógrafo também! Muito legal! Eu nunca tinha me imaginado fazendo isso. Trash the dress não é algo que faz parte do meu currículo, quer dizer, não fazia. Gostei demaaais! É bem verdade que é um trabalho delicado. Há que se tomar muito cuidado com uma linha tênue que existe entre o que é bacana e o que é barango, cafona, chame como quiser. Fato é que eu gostei muito do resultado e agora fiquei com gostinho de quero mais. Fica a dica para as noivinhas que moram fora.

























Comentários

Comentários

Quem vê cara…

A Ana Luiza chegou tímida, quietinha, com carinha de quem era muito vergonhosa. Gente, quando eu comecei a fotografar esta garota, vocês não imaginam o quanto me surpreendi! Ela arrasou! Se soltou muito! Encarnou o modelão total! Olha só:
















Comentários

Comentários

O Lugar

As fotos externas deste casal foram feitas no sítio da família da noiva. Foi lá que eles se conheceram. Lugar lindo e mais que especial!





















































Comentários

Comentários

Pureza

Eu queria muito que o primeiro post de 2011 fosse este batizado. O simbolismo do batismo é o que quero para mim este ano. As águas que purificam no batismo, que renovam, simbolizam meu desejo por um ano renovado e puro…






































Comentários

Comentários