Mágico

Fotografar um casamento envolve muita coisa. Além da noiva, há um universo enorme de outras pessoas e expectativas que eu sempre cuido para que consiga perceber todas as especificidades das pessoas que se apresentam diante de mim. Nesse casamento tinha muita gente boa e pessoas que já são queridas ao meu coração, o que fez com que este dia seja muito especial para mim. Recebi muito carinho e saí de lá feliz, com a sensação de missão cumprida e grata por merecer a confiança de mais uma família. Bárbara, Douglas e familiares, gratidão sem tamanho por compartilharem comigo as memórias deste dia, foi mágico!

Escolhas

Normalmente eu não tenho aquele perfil mais agressivo de quem corre atrás dos clientes. É muito raro eu procurar alguém depois de uma reunião de apresentação para sondar se vai fechar comigo ou se seria preciso um algo a mais para conquistar o contrato. Com a Juliana foi diferente. Ela é amiga de uma amiga minha e por isso eu pude saber o que provavelmente a levaria a fechar com outro profissional. Isso tornou possível que a gente entrasse em um acordo e ambas abrimos mão, um pouquinho daqui um pouquinho dali, filmagem definida, contrato fechado!  Fiquei pensando muito a respeito de quantos eventos eu deixei de fazer por pouca coisa. Essa amiga que tenho em comum com a noiva que vocês verão nas fotos abaixo está começando a pensar seu casamento e eu vejo agora um viés que até então eu não conhecia tão de perto. O limite entre o que você quer e o que você pode nem sempre é claro e pode ser muito confuso definir o que vale mesmo a pena. A cada nova experiência me dou mais conta do quanto é difícil fazer uma festa de casamento. Envolve muita coisa e cada uma dessas tantas coisas pode ser tão cheia de detalhes, não é mesmo? Imagino você que está no olho do furacão da preparação do seu casamento se sentindo compreendida, acertei? Sim, eu entendo, agora mais ainda por causa do casamento da minha amiga. Mas olha, com tudo, há algo que eu posso te garantir: com as escolhas corretas, depois que você viver esse dia vai sentir a delícia que é e terá plena certeza de que valeu, e que você faria tudo de novo.

Eu gosto assim

Meu blog é uma espécie de diário. Penso que esse é um espaço em que preciso me expor, me mostrar, me abrir… Isso porque escolher quem vai acompanhar você no dia do casamento é tarefa das difíceis e é preciso ter muita empatia pela pessoa. Sinto que o blog é uma boa janela para mostrar quem sou e, assim, dar mais elementos aos noivos para me conhecerem e saberem se correspondo ao perfil do que eles esperam. Partindo desse ponto, me deu vontade de falar um pouco de mim, de um jeitinho bem resumido e direto:
AMO pessoas! Adoro a fotografia mas, foto por foto, a mim não basta! Gosto mesmo é de clicar gente. É até arriscado escrever isso aqui, não é mesmo? Tenho total consciência disso. Mas aí já caímos em outra característica minha: transparência. Se há uma coisa na qual sou péssima é em forjar situações ou sentimentos falsos. Às vezes fico pensando se não pareço meio piegas… Mas aí, logo resolvo essa questão: Fazer o que? Talvez eu seja mesmo piegas… Rs… Se isso que escrevo sou eu, então, that’s it! É bem assim mesmo. Sou uma fotógrafa que ama o que faz e que dá uma baita sorte com 99% dos clientes, que são apaixonantes!
Logo, se você é daqueles que adora se relacionar para além do trivial com as pessoas com as quais vai conviver, mesmo que ainda por um período curto, você é dos meus!
Se você AMA fotos, adora fotografar e ser fotografado (a), jogamos no mesmo time.
Se as pessoas tem para você um valor muito maior do que qualquer outra coisa, falamos a mesma língua.
Nos últimos dias tive a sorte de receber muito carinho e reconhecimento de uma mãe de noivo tão especial… Além de duas clientinhas que me mostraram o tempo todo o quanto gostariam que eu estivesse presente no seu grande dia. Nesses momentos, senti que tudo o que eu mais quero é que minha vida seja repleta de gente que sintoniza comigo. Pessoas que dão valor ao que eu faço de verdade, para além do valor financeiro! Gente que chega até a mim e diz que percebe o diferencial do meu trabalho e que é o que quer, é o que busca para si.
Então, vai uma dica: se você é daqueles que vai a pelo menos 10 profissionais de cada segmento para comparar orçamentos e opções, sugiro que você repense essa postura! Para o dia do seu casamento, silencie um pouco a voz da razão e dê mais ouvidos a voz do coração. Tenho certeza de que quando a gente se cerca de pessoas com as quais há um vínculo especial, os resultados superam o esperado.
Abaixo, Lívia e Eric, casal lindo que tive o prazer de fotografar e de fazer uma excelente troca, literalmente!