Alimento

Delícia de casal! Sabe que as vezes eu sinto que não tem como explicar o tanto que eu amo meu trabalho? O carinho e a confiança que recebo me fazem um bem tão grande que sinto que não tem como exprimir. Não acho as palavras. Sou a encarnação do superlativo, eu sei, mas é algo que está além do que posso controlar. Não há adjetivo exagerado suficiente para agradecer aos meus clientes pelo quanto me sinto realizada, devo isso a eles. Caetano e Débora, meus queridos, foi uma honra estar com vocês nesse dia, o carinho de vocês por mim me alimentou o ser!

Eu gosto assim

Meu blog é uma espécie de diário. Penso que esse é um espaço em que preciso me expor, me mostrar, me abrir… Isso porque escolher quem vai acompanhar você no dia do casamento é tarefa das difíceis e é preciso ter muita empatia pela pessoa. Sinto que o blog é uma boa janela para mostrar quem sou e, assim, dar mais elementos aos noivos para me conhecerem e saberem se correspondo ao perfil do que eles esperam. Partindo desse ponto, me deu vontade de falar um pouco de mim, de um jeitinho bem resumido e direto:
AMO pessoas! Adoro a fotografia mas, foto por foto, a mim não basta! Gosto mesmo é de clicar gente. É até arriscado escrever isso aqui, não é mesmo? Tenho total consciência disso. Mas aí já caímos em outra característica minha: transparência. Se há uma coisa na qual sou péssima é em forjar situações ou sentimentos falsos. Às vezes fico pensando se não pareço meio piegas… Mas aí, logo resolvo essa questão: Fazer o que? Talvez eu seja mesmo piegas… Rs… Se isso que escrevo sou eu, então, that’s it! É bem assim mesmo. Sou uma fotógrafa que ama o que faz e que dá uma baita sorte com 99% dos clientes, que são apaixonantes!
Logo, se você é daqueles que adora se relacionar para além do trivial com as pessoas com as quais vai conviver, mesmo que ainda por um período curto, você é dos meus!
Se você AMA fotos, adora fotografar e ser fotografado (a), jogamos no mesmo time.
Se as pessoas tem para você um valor muito maior do que qualquer outra coisa, falamos a mesma língua.
Nos últimos dias tive a sorte de receber muito carinho e reconhecimento de uma mãe de noivo tão especial… Além de duas clientinhas que me mostraram o tempo todo o quanto gostariam que eu estivesse presente no seu grande dia. Nesses momentos, senti que tudo o que eu mais quero é que minha vida seja repleta de gente que sintoniza comigo. Pessoas que dão valor ao que eu faço de verdade, para além do valor financeiro! Gente que chega até a mim e diz que percebe o diferencial do meu trabalho e que é o que quer, é o que busca para si.
Então, vai uma dica: se você é daqueles que vai a pelo menos 10 profissionais de cada segmento para comparar orçamentos e opções, sugiro que você repense essa postura! Para o dia do seu casamento, silencie um pouco a voz da razão e dê mais ouvidos a voz do coração. Tenho certeza de que quando a gente se cerca de pessoas com as quais há um vínculo especial, os resultados superam o esperado.
Abaixo, Lívia e Eric, casal lindo que tive o prazer de fotografar e de fazer uma excelente troca, literalmente!
























Lei da Vida

A Claudinha é veterinária. Pensa bem, que delícia! Acho que quem escolhe ser veterinário já está mais perto de Deus. São pessoas que sentem prazer em cuidar. E quando a gente se propõe a cuidar do outro, como os veterinários fazem com os bichinhos e seus donos; os médicos, enfermeiros, técnicos e toda a galera da área da saúde fazem com seus pacientes e familiares, aí a vida deve, no mínimo, preparar cada realização com requintes de maravilha, como foi o casamento da Cláudia e do Bernardo.