Coisa de amiga

Vira e mexe recebo indicações de pessoas que não fotografei. Esse é mais um desses casos, mas essa história é especial. Nayara veio conhecer meu trabalho trazida pela amiga, Deborah. Tudo correu normalmente em nossa primeira reunião até que, ao término da apresentação, Nayara decidiu que eu seria sua escolha e já quis assinar o contrato. Isso não acontece com muita frequência, normalmente as pessoas voltam depois para fechar, mas a singularidade desse contrato foi que a pessoa mais feliz com o fato de estarmos fechando o negócio não era eu e nem a noiva, era a amiga da noiva. Nayara e eu ficamos felizes, claro, mas Deborah reagiu como as noivinhas que atribuem um valor realmente grande a esse passo, quando não é apenas mais um dos tantos contratos fechados para a realização do casamento, mas sim “o” contrato fechado com aquele profissional que você sempre sonhou, de verdade. Bonito ver isso em uma amizade: realizar-se no sonho de quem a gente ama. Sentimento nobre. Que meu trabalho tenha alcançado a nobreza do que trouxe essas pessoas para mim.

Harmonia

Coisa mais linda essa família! Ver a relação dessa noiva com a irmã me emocionou de verdade, saí dessa festa pedindo a Deus que minhas meninas se amem assim, tanto quanto Nayara e Nathália. E o pai? Ah… como é bom ver o amor nos olhos de um pai que cuidou de fato das filhas, participando efetivamente da vida delas em todas as fases. Daqui por diante vou colocar meu marido para lavar o cabelo das nossas filhas periodicamente, assim como o pai da Naty faz até hoje! Sobre o Diego nem tem o que falar, a lei da sintonia funcionou demais aqui e o noivo segue em total harmonia. Delícia demais fotografar essa família, mal posso esperar pelo próximo dia em que os terei novamente diante das minhas lentes.

Ninguém tasca!

Esse casamento era meu antes mesmo de ter data. Cinco anos atrás fotografei Renata (irmã desta noiva) se casando e me encantei pela família Salvo, nunca mais me esqueci daquelas pessoas tão gentis. Quando Flávia veio me procurar eu sentia que não poderia ter outra pessoa fotografando esse casamento (um sentimento de posse maluco, confesso). “Essa família é minha e ninguém tasca!” – eu pensava. Fui escolhida e pude estar novamente com eles, recebendo de novo muito carinho e ainda com o plus dos pais do noivo, que também são adoráveis. Flávia e Leonardo, agradeço imensamente pela confiança, vocês não imaginam o quanto eu desejei estar em Curvelo neste dia. É uma enorme alegria compartilhar da presença dessa família tão querida.

1418 1419 1420 1421 1422 1423 1424 1425 1426 1427 1428 1429 1430 1431 1432 1433 1434 1435 1436 1437 1438 1439 1440 1441 1442 1443 1444 1445 1446 1447 1448 1449 1450 1451 1452 1453 1469 1470 1471 1472 1473 1474 1475 1476 1477 1478 1479 1480 1481

Caminhada

Ontem eu estava assistindo a palestra de um fotógrafo de casamentos e quando ele estava nos agradecimentos disse uma coisa que me fez refletir: “Mãe, seu filho foi longe.” Comecei a pensar em minha jornada enquanto fotógrafa. Estou quase fechando a segunda década e olhar pra traz me faz sentir orgulho, isso é magnífico! Houve contratempos, claro que sim, mas posso garantir que cada indivíduo a quem me coloquei a serviço teve o melhor de mim. Profundo respeito pelo outro e comprometimento com qualidade são coisas que fazem parte de quem eu sou. Já caminhei muito, ainda há muito a caminhar… Este casamento me trouxe esse sentimento muito forte. Nele estavam Dedê e Naná, meus noivos de anos atrás, pessoas queridas desde então e para sempre. Tive a oportunidade de fotografar o casal de gêmeos lindos que Deus os confiou sendo dama e pajem, isso me tocou, de verdade! Sim, dentro daquilo que almejo, tenho ido longe. Muita gratidão a cada um que confia a mim sua memória e muito amor pelo meu ofício. Maria Flávia e Felipe celebraram sua união em uma festa linda em que tive a oportunidade de fazer parte da construção de mais uma história, dentre tantas outras que espero compartilhar.

0153 0154 0155 0156 0157 0158 0159 0160 0161 0162 0163 0164 0165 0166 0167 0168 0169 0170 0171 0172 0173 0174 0175 0176 0177 0178 0179 0180 0181 0182 0183 0184 0185 0186 0187 0188 0189 0190 0191 0192 0193 0194 0195 0196 0197 0198 0199 0200 0202 0203 0204 0205 2129

Província

E o tanto que eu gosto de fotografar no Província? Se você está pensando em onde fazer seu casamento, é um lugar a se considerar. De manhã ou à noite, as fotos lá são sempre lindas! Dá só uma olhada no casamento da Polly e do Guilherme e me diz se não é compreensível minha vontade de fotografar lá pelo menos uma vez por mês. Eu amo…

0006 0007 0008 0009 0010 0011 0012 0013 0014 0015 0016 0017 0018 0019 0020 0021 0022 0023 002400250026 0027 0028 0029 0030 0031 0032 0033 0034 0035 0036 0037 0038 0039 0040 0041 0042 0043 0044 0045 0046 0047 0048 0049 0050 0051 0052 0053 0054 0055

Evento feito em parceria com João Paulo de Castro.